Sendo um dos frutos mais cultivados do mundo, o tomate é muito rico em cálcio, ferro, vitaminas A e C, tem poucas calorias, pouco sódio e açúcar e é livre de colesterol. Apresenta uma grande variedade de formatos, cores, tamanhos e paladares, pode ser semeado no solo ou em vasos e garante um jardim ainda mais colorido. Conheça os tipos de tomates que podem ser plantados num jardim e aumente a riqueza do seu espaço exterior.

AS PLANTAÇÕES DE TOMATES

Os tomates podem ser envasados ou semeados.

OS TOMATES ENVASADOS

Os tomates envasados devem apresentar folhas viçosas de aspeto saudável e não podem medir mais de 10 cm. Eles podem ser plantados assim que houver a certeza do fim das geadas. Manter os tomates em vasos é também uma possibilidade viável, desde que os vasos sejam grandes o suficiente para acomodarem bem as raízes das plantas.

OS TOMATES SEMEADOS

Quando a opção é semear, é preciso que as sementes sejam lançadas à terra na primavera, oito semanas depois da ultima geada e num local coberto. Assim que os tomates atinjam 10 cm de altura devem ser desbastados para que continuem a crescer fortes e saudáveis.

TIPOS DE TOMATES QUE PODEM SER PLANTADOS EM JARDIM

1. TOMATE CORAÇÃO DE BOI, CAQUI OU SANTA CRUZ

Este género de tomate é apropriado para saladas e apresenta um tamanho geralmente grande, com mais de 10 cm de diâmetro e 80 a 220 gramas de peso.

São quase sempre vermelhos, podendo também apresentar um tonalidade esverdeada. É um tomate de formato achatado, oblongo e largo, firme, carnudo, de polpa ligeiramente ácida e grossa.

É o género de tomate mais comum, sendo também o mais barato à venda nos mercados. Necessita de 60 a 90 dias para dar frutos e as suas plantas são altas não tendo um limite fixo para crescimento.

Estes tomates preferem os solos profundos, com boa drenagem de água, e com características areno-argilosas. Dão-se muito bem em sol pleno, ou em meias sombras. Apreciam a exposição solar constante e necessitam de regas abundantes, mas não exageradas.

2. TOMATE REDONDO

Os tomates redondos são ligeiramente mais pequenos que os caqui, apresentam um tamanho médio e a sua casca é resistente. São tomates bastante suculentos que precisam de pelo menos 4 horas diárias de exposição solar. Dão-se bem em terrenos profundos e com eficiente escoamento de águas.

Dão fruto depois de 70 a 80 dias de semeados e podem ser plantados em vasos, ou em canteiros no jardim. São muito procurados e embora não possuam o mesmo sabor ligeiramente ácido dos tomates santa cruz ficam muito saborosos quando inseridos em saladas frescas e nutritivas.

3. TOMATE CHUCHA OU ITALIANO

Mais compridos e oblongos do que os tomates redondos, estes tomates têm poucas sementes e possuem um paladar muito adocicado, o que os torna ideais para guisados, refogados e sumos.

Dão fruto em cerca de 75 dias e só devem ser plantados em solos muito ricos em matéria orgânica e com boa drenagem. Necessitam de 1 rega diária, preferencialmente no início da manhã ou no final da tarde, horas em que o calor é menor e a absorção da água se faz de forma mais intensa o que permite manter por mais tempo a humidade da terra.

4. TOMATE CEREJA, OU CHERRY

Também conhecidos por tomberries, estes pequeninos tomates semelhantes a berlindes apresentam um diâmetro de aproximadamente 5 mm. São deliciosos, muito mais doces do que os tomates comuns e muito decorativos.

Têm grande procura para confecionar saladas ornamentais, aperitivos e para enfeites de pratos sofisticados. Também são ótimos quando comidos sozinhos, crus e inteiros. Necessitam de 65 a 70 dias para darem fruto e podem ser cultivados em vasos ou canteiros desde que o terreno seja fértil e rico em matéria orgânica. Devem ser regados a cada 3 dias e expostos ao sol durante 4 horas diárias.

Fonte: O meu jardim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *