Quando os vasos se tornam pequenos para as suas plantas é altura de fazer um transplante. Não é uma tarefa difícil mas é essencial para evitar problemas de Crescimento.

PASSO 1 – DRENAGEM

Verifique se o novo vaso tem furos para a drenagem. Coloque no fundo do vaso uma boa camada de Leca Hydro. Este material facilita a drenagem evitando que o substrato fique encharcado e potencie o apodrecimento das raízes.

PASSO 2 – PREENCHA COM SUBSTRATO

Aplique substrato por cima da capa de drenagem até à altura necessária para caber o torrão da planta. O substrato tem de ser novo e adequado ao tipo de planta.

PASSO 3 – EXTRAIR A PLANTA

Algum tempo antes de retirar a planta do seu vaso original, regue para facilitar a tarefa. Tenha cuidado para não prejudicar as raízes e sacuda o torrão , que provavelmente está carente de novos nutrientes.

PASSO 4 – MAIS SUBSTRATO

Coloque a planta no novo substrato e reencha os buracos e a superfície do torrão com mais substrato. Deixe 2 cm entre a superfície e a margem do vaso para facilitar a rega. Aperte bem o substrato para evitar bolsas de ar.

Use sempre um substrato novo para que seja rico em nutrientes

Regue até que a água saia pelos furos da drenagem. Durante cerca de 3 a 4 dias deixe a planta repousar em local com temperatura moderada e luz pouco intensa (não directa), até se adaptar à mudança. Como o substrato é novo não há necessidade de adicionar fertilização ans próximas 5 semanas. Após este tempo pode adicionar adubo de libertação lenta, que solta os nutrientes à medida das necessidades da planta.

Boas plantações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *